domingo, 30 de agosto de 2015

Bichinho de estimação

Sempre tive cachorrinhos ou gatinhos. Algumas vezes tive os dois ao mesmo tempo. Mas eu sempre morei em casa e minha mãe sempre foi "do lar", ou seja, eles sempre tinham alguém para alimentá-los e levá-los para passear.
Então quando Malu me pediu um bichinho de estimação eu naturalmente respondi que quando tivermos uma casa ela terá o bichinho que quiser.
Lógico que ela não engoliu a desculpa e continuou pedindo.
Pra um cachorrinho, ora um gatinho.
Eu conheço um bocado de gente que tem bichinho e mora em apartamento, mas eu penso nas horas que o pequeno ficaria sozinho enquanto elas estão na escola e nós no trabalho. E eu morro de pena.
Mas é claro que morro de pena da Malu, que tem tanto amor pra dar e nenhum bichinho...
Então, eu pergunto a vocês: o que fazer?
Me dêem dicas, caso tenham animais de estimação e me contem como foi para seus pequenos ter alguém pra cuidar.
Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário