terça-feira, 16 de junho de 2015

Voltando aos trabalhos...

Tenho escrito muito pouco por aqui, mas por um bom motivo: estou aproveitando ao máximo os últimos dias de férias-pós-licença-maternidade ao lado das minhas Marias.
Nina já se senta sozinha. Coisa mais fofa do mundo. E como quer ser independente!! Ela tenta arrancar a própria meia, fica looongos minutos ali, puxando, puxando, puxando, daí eu resolvo "ajudar" e tiro a meia do pé dela , então ela me olha feio como quem diz "eu ia conseguir!"
Eu acho lindo demais.
Por outro lado ela parece pressentir que em poucos dias estaremos menos tempo juntas. Quer fica rno colo o tempo todo, fica chorosa quando coloco ela na cadeirinha ou no berço, me olha com aquele olhar do gato de botas no filme Shrek.... enfim, pode ser impressão minha, a famosa CULPA de mãe, mas a verdade é que odo dia está sendo tão precioso e ao mesmo tempo, tem passado tão depressa que eu me sinto meio deprimida.

Mas tem a Malu, que enriquece demais essa nossa "aventura". Hoje ela sentou com a irmã no tapete e quando percebeu que a Nina me procurava ela olhou nos olhinhos da irmã e disse: a mamãe vai voltar pro trabalho, mas não fica triste, ela volta todo dia pra gente, tá.
#CHOREI

Eu amo meu trabalho, de verdade. Mas seria ainda mais feliz se pudesse trabalhar em home-office... o que me impede? 800 metros. A distância exata entre minha casa e o meu trabalho. E o home-office só é oferecido aos empregados que moram em outras cidades.

Mas não posso me lamentar. Graças a Deus é um emprego maravilhoso e minha chefa é uma mãe.
Então, o jeito é engolir o choro, caprichar na make, subir no salto e fazer melhor o que eu sei fazer melhor: me esforçar pra tudo sair o mais próximo do perfeito.

E vocês, meninas? Como anda a conciliação trabalho-maternidade?

Me contem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário