terça-feira, 11 de novembro de 2014

Ansiedade e medo

Toda gravidez é um momento de alegria e realização. Pra mim, pelo menos. E a gente só pensa em coisas boas, como o enxoval, chá de bebê e as alegrias da maternidade. As estrias, enjôos e azia são momentos que vão passar e nosso corpo logo, logo voltará a ser como antes.
Mas a gravidez às vezes não é tão tranqüila e perfeita. E não adianta tentar se preparar para "tudo" porque tem coisas que a gente nem sabe que existe.
Então quando com 33 semanas eu comecei a perder líquido foi uma surpresa bem desagradável e assustadora. Nessa hora o google é seu pior inimigo, porque parece que só te traz más notícias.
No hospital ninguém te diz nada. As horas passam e a agonia aumenta.
Eu sou absurdamente ansiosa e não esperei. Saí do hospital e corri pro consultório se outro médico. Um que eu sabia que me contaria a verdade sem dó.
E a verdade é que está tudo bem.
Claro que recomendou repouso, nada de esforço e beber muita água. Mas também disse que minha Helena está ótima, linda r cabeluda esperando a hora certa pra vir ao mundo.
Falta pouco. Bem pouco, pra gente finalmente se ver.
Estou bem. Ela está bem. E é isso que importa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário