terça-feira, 15 de abril de 2014

Pilates, Coluna e uma semana de repouso

Oi gente.
Vim aqui contar como passei os últimos dias... bem, foi de cama. Literalmente.
Então, como eu havia dito no post anterior, comecei a fazer pilates, tava sentindo muitas e muitas dores, mas como a instrutora de pilates e a minha fisioterapeuta são a mesma pessoa eu estava confiante de que as dores eram normais. Até notei mudanças no meu corpo, abdomén mais durinho, reto... tava ficando muito bom. E eis que, na terça-feira passada a coisa desandou.
Sabe quando você acorda sentindo dores, como se tivesse dormido de mal jeito?
Foi exatamente assim que eu me levantei na terça. Mas acreditei que era uma bobagem e melhoraria logo.
Enfim, não melhorei e a dor foi aumentando ao ponto de eu não conseguir mais pisar no chão.
Bem, eu estava no trabalho e resolvi ir ao ambulatório, pedir ao plantonista um remédio para dor. Mas estava praticamente me arrastando e precisei de ajuda de um colega para chegar lá.
Assim que me viu a médica pediu um carro para me levar ao hospital. Daí eu surtei.
Não quero! - e não queria mesmo. Se tivesse que ir ao hospital que fosse com um conhecido e não alguém que eu nunca havia visto na vida, ainda mais sozinha.
A coisa foi tão feia que a recepcionista do ambulatório chegou a me perguntar se eu estava fingindo dor pra fugir do trabalho... eu posso com isso?
Eu lá, morrendo de dor, sem conseguir pisar e ela querendo me empurrar para dentro de um carro com um desconhecido.
Sou cheia de frescuras e uma delas é exatamente essa: não entro em carro, sozinha, com desconhecido, nem se for pra salvar a vida da minha mãe. Esquece. Eu já fui vítima de assédio e não confio em estranhos. Aliás, mal confio em alguns conhecidos também.
Na mesma hora liguei pro meu marido e cinco minutos depois ele estava lá pra me pegar.
Fomos pro hospital e depois de ser examinada o médico decretou: pare com pilates.
Oi??? Mas pilates não é bom??
Ele nem discutiu, disse que eu estava destruindo minha coluna, que meu histórico já não era dos melhores e que eu deveria apenas fazer fisioterapia (o que me deixou chocada uma vez que eu faço pilates com a fisioterapeuta).
Bom, na manhã seguinte fiz ressonância e o resultado ficou pronto hoje.
Agora é levar para o ortopedista avaliar e dar seu decreto.
Por enquanto, repouso e nada de pilates.

Nenhum comentário:

Postar um comentário